Search on the library catalog

Library of Fundação para a Ciência e a Tecnologia

FCT’s library makes its holdings available for researchers interested in information resources essentially focused on the history of science and technology policies within a national and international context, in the XXth century.

The library collection features journals, monographs, books and various other publication types on management and policies of science and technology, institutional history and history of science and technology.

FCT’s library holds as well a collection of editions published by the extinct National Institute of Scientific Research (INIC) and National Board of Scientific and Technological Research (JNICT). These books comprise a wide range of scientific fields and are also available for consultation.

Our books...

Reading suggestions

A Progressive Librarians Guild foi fundada em Nova Iorque em 1990 por um grupo de bibliotecários cuja preocupação recaía sobre a tendência da profissão se poder deixar levar por caminhos de aliança dúbia com o mundo do negócio e da indústria da informação, fazendo da informação uma matéria de privatização ou de comércio.

Desta forma pretendem, também, dar voz contra algumas correntes da Biblioteconomia que veem as bibliotecas somente como mediadoras institucionais caracterizadas pela sua neutralidade defendendo, assim, que estas casas do conhecimento devem estar ao máximo vocacionadas paras as pessoas, de forma a criar uma sociedade democrática e independente.

Reconhecendo o bibliotecário como um trabalhador da informação e da comunicação, reconhecem-no, igualmente, como um elemento na sociedade que educa sobre questões políticas e sociais. De todo o trabalho que desenvolvem, destacamos a publicação Progressive Librarian, cujos números se encontram disponíveis para leitura no sítio web desta associação.

Informed agitation: library and information skills in social justice movements and beyond, é o resultado do trabalho de edição que esteve a cargo de Melissa Morrone ‒ bibliotecária do setor público e ativista. Esta obra reúne material previamente publicado em panfletos, revistas de circulação restrita, blogues e outros meios de comunicação relacionados com ciências da informação e bibliotecas.

Ao longo dos vários artigos aqui compilados, dos quais vários dizem também respeito, naturalmente, aos arquivos, ressalva-se o papel deste tipo de instituições como suporte não só para os movimentos sociais, como para as lutas que diversos bibliotecários levam a cabo contra a submissão ao poder institucional, o medo de discussão com colegas e gestores, o medo de protestar nas ruas e outras condições que potenciem a inércia do cidadão.

Da sua leitura fica-nos o dever e a importância que os profissionais da informação detêm: o seu ativismo está munido de informação, literatura, arquivos e conhecimento. Com estas ferramentas não só documentam e preservam a voz dos que ficam esquecidos, como fornecem os fundamentos que quebram barreiras, de pensamento e ação, e unem diferentes pessoas numa luta comum.